omeçar uma nova fase em uma força cultural e musical atuante e já existente, é propiciar, a todos, a possibilidade de participar da história, discutindo todos os ângulos, conhecendo antecipadamente o que deve ser desenvolvido.

Há tempos se buscava um caminho com os artistas, para novos rumos e estruturação de uma orquestra no circuito da região de Jundiaí, visando integrar músicos e professores de orquestra num contexto de socialização cultural e compromisso profissional.

O início do Projeto Camerata Jundiaí, em 2007 foi o marco inicial dessa proposta.
Com 14 concertos realizados pela formação básica de cordas até 2009, com a inserção de sopro e percussão, concertistas e cantores chegou-se ao objetivo principal: a formação de uma orquestra completa. Fundou-se o Instituto Cultural Camerata Jundiaí, com a tarefa principal de estruturar, estabelecer e gerenciar as atividades da Orquestra Filarmônica de Jundiaí.

Iniciada pelos músicos, com idealização e coordenação do maestro Gesse Araujo, vem formando o público de base e tornando os artistas da cidade e da região-cidade conhecidos da população. Estes buscaram formação acadêmica, nos diversos instrumentos e agora, retornam à cidade para fortalecer o grupo com grau de competência instrumental e administração de carreira.

A orquestra filarmônica possibilita uma maior amplitude em sua forma administrativa e está ligada ao terceiro setor podendo, através de convênios e parcerias com o poder público e privado, atender as expectativas nos diversos gêneros e estilos musicais.

Na formação da orquestra, além dos instrumentos de cordas, sopro e percussão, têm-se maior oportunidade com instrumentos da música popular e experimentos tecnológicos para musicais, teatro, ópera, dança e variedades de multimeios.
Potencializar as referências regionais também é uma forma de interação da música regional e erudita. A cultura imaterial dá acesso e formação de público através da integração do diferencial, no processo de ampliação do conhecimento cultural.

A música através da Orquestra Filarmônica de Jundiaí somará um grande elenco que fará um circuito de apresentações durante o ano nas cidades da região, utilizando-se das praças, teatros, salas de concertos ou espaços alternativos que serão enobrecidos com a beleza e sutileza dos acordes vibrantes, harmonizados através das notas musicais e companhia de artistas.

Faça da nossa meta a sua! Participe do crescimento deste instrumento sonoro que trará, aos seus sentidos, a mais pura e perfeita sensação da Cultura de Paz.
Site por Movimenta